Quais os Melhores Museus do Mundo?

Home / eCommere / Quais os Melhores Museus do Mundo?

Quais os Melhores Museus do Mundo?

Se você não é turista de primeira viagem (perdão pelo trocadilho), você deve saber que viajar é muito mais do que visitar shoppings e parques temáticos, não é mesmo?

Quando se visita um país diferente a principal intenção de quem leva isso como um meio de vida é adotar um pouco da cultura local e, quem sabe, da história do país que se está visitando.

Neste ponto os museus são a melhor e a mais indicada opção para quem busca um enriquecimento cultural e histórico acerca daquela região ou do país. Existe, inclusive um prêmio chamado Traveller’s Choice que ranqueia os melhores.

E nesse artigo você vai conhecer quais são os melhores museus do mundo, atualizado com o último feedback do ano de 2016 que destacou 10 dos melhores museus do mundo – dentre os quais alguns na América.

Museu Metropolitano de Arte – Nova Iorque, Estados Unidos

Também conhecido como The Met, o museu que se situa na Quinta Avenida (Fifth Avenue) se situa em Manhattan e é um dos mais visitados do mundo com mais de 6 milhões de visitas.

Foi fundado em 1872 a partir da ideia de um grupo de artistas que tinham como objetivo despertar o interesse do público por arte, seu acervo possui mais de 2 milhões de peças históricas.

Além disso, abriga uma importante coleção de pinturas históricas europeias do século XII até artistas do século XX (lá estão obras de artistas como Van Gogh e Monet).

Também é espaço para obras de arte antiga (grega, romana, assíria, babilônica e egípcia).

Seu acervo conta também com estudiosos e curadores especializados – inclusive alguns voltados à conservação e à pesquisa científica.

Possui uma coleção de arte com artefatos do Oriente Próximo, com peças que passam pelo Império Sassânida chegando ao período da Antiguidade Tardia englobando culturas como a suméria, assíria e babilônica.

A sessão de armamentos é uma das mais famosas e inclui armamentos selecionados do Egito Antigo, Grécia Antiga e do Império Romano – passando inclusive por civilizações africanas e armaduras célebres (como a de Henrique VII da Inglaterra).

 

Instituto de Artes de Chicago – Estados Unidos

O segundo maior museu dos Estados Unidos em extensão territorial o museu está associado à Escola de Artes do Instituto de Chicago.

Possui um acervo que conta com mais de 260 mil obras – contando com pinturas clássicas de Monet, Renoir, Matisse e Cézanne – sendo mundialmente conhecido por sua coleção deslumbrante sobre o Impressionismo.

Em seu acervo constam ainda peças de arte asiática e contemporânea o que fazem dele um dos melhores museus do mundo.

Museu Hermitage e Palácio de Inverno – São Petersburgo, Rússia

 

Localizado ao lado do famoso Rio Neva, o lugar por si só já é uma peça histórica com mais de duzentos anos de história tendo servido de abrigo de inverno para os mais diversos czares.

Com uma coleção imensa de mais de 3 milhões de peças, o museu abriga praticamente todos os movimentos artísticos.

Musée D’Orsay – Paris, França

Estando a frente inclusive do badalado Louvre, este museu que foi construído acima de uma estação rodoviário fechada em 1939 – mas o governo só decidiu transformá-lo em museu quase nos anos 80.

Localizado ao lado do Rio Sena, seu acervo inclui obras clássicas de Van Gogh, Susana, Degas, Odilon Redon Maurice Denis – inclusive aberto a exposições temporárias.

Museu Nacional de Antropologia – Cidade do México, México

 

Com um pouco mais de 50 anos de história (e construído em tempo recorde- apenas 19 meses) este museu é especializado em arte indígena mexicana contando com coleções etnográficas que falam sobre o cotidiano deste povo e conta também com exposições arqueológicas.

Entre as suas peças incluem-se a escultura de Coatlicue, a Pedra do Sol e a cabeça de serpente, a chamada Xiuhcóatl – todos símbolos da cultura asteca.

Trata-se de um dos melhores museus do mundo por abordar a cultura asteca e possuir artigos como a Sala Maia e a cabeça colossal olmeca.

9/11 Memorial – Nova Iorque, Estados Unidos

O museu, construído em memória às mais de 3 mil vítimas do maior atentado terrorista da história contra as Torres Gêmeas do World Trade Center (ocorrido em 2001) é também um dos mais visitados do mundo.

Lá o ataque é recontado através de displays holográficos – mostrando arquivos, áudios, vídeos etc.

Museu do Prado – Madri, Espanha

 

Considerado o mais importante da Espanha, o Museu do Prado é abrigado em um prédio histórico que também é considerado uma obra de arte, feito pelas mãos e ideias do arquiteto Juan de Villanueva.

A intenção do prédio era servir como Gabinete de Ciências Naturais e foi solicitado pelo rei Carlos III.

Em seu acervo incluem-se grandes quantidades de obras clássicas europeias. Encontram-se lá também peças de grandes nomes da arte como George de la Tour, Valetin de Boulogne e Simon Vouet.

 

Museu Britânico – Londres, Inglaterra

Impossível não citar os melhores museus do mundo e não citar este que é o maior ponto turístico do país: cerca de 7 milhões de pessoas visitam anualmente este museu.

Abriga cerca de 8 milhões de peças que revivem a história dos grandes períodos de colonização inglesa – o que gera certa controvérsia, pois as peças são reclamadas pelos países colonizados.

Fundado no século XVIII ele foi o primeiro museu nacional público com entrada gratuita do mundo.

Museu da Acrópole – Atenas, Grécia

 

Construído no século XIX sobre a Acrópole Atenas (que servia de santuário a deusa Atena). Nas escavações que antecederam a sua construção foram encontradas esculturas que hoje fazem parte do atual acervo do museu.

Dentre os objetos encontrados nas escavações arqueológicas estão muitos que serviam para o culto da deusa Atena.

Museu do Vasa – Estocolmo, Suécia

Construído literalmente em um navio de guerra do século VII, o museu abriga um acervo que trata especificamente a essa temática – é o mais visitado de toda a região escandinava.

Em seu interior são encontradas várias esculturas talhadas, além disso é possível visitar a embarcação inteira que por si mesma é um grande espetáculo, já que é o único navio de guerra de sua época existente no mundo.

 

E aí, curtiu este artigo? Deixe sua opinião nos comentários e compartilhe em suas redes sociais e não esqueça de ficar ligado em mais artigos como estes. Até a próxima!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *